twitter.com/viajandodireito facebook.com/viajandodireito linkedin.com/company/1741762 youtube.com/viajandodireito Newsletter RSS UAI

Notícias

31/10/2012

Brasileiro afetado pelo furacão Sandy pode remarcar passagem sem taxas

Passageiros brasileiros afetados pela passagem do furacão Sandy, na costa leste dos Estados Unidos, podem trocar o bilhete ou remarcar a data sem taxas, alerta o Procon. Nos casos de atrasos dos voos, a legislação garante ao consumidor direito a telefone e internet a partir da primeira hora de atraso.

O consumidor que tem marcada viagem aérea com origem ou destino à costa leste norte-americana, deve entrar em contato com a companhia aérea para verificar a situação do voo que estava programado.

O direito a assistência gradual, de acordo com o tempo de espera gerado pela falha, para satisfazer suas necessidades imediatas, determina a legislação. No quadro abaixo, veja a relação completa.

Já na primeira hora de atraso, o consumidor tem o direito de fazer um telefonema ou acessar a internet.

Na segunda, deve receber alimentação de acordo com o horário e, a partir da quarta hora, pode requisitar acomodação ou hospedagem. Pode também, caso desista da viagem, receber o reembolso integral da passagem.

 

Busque seus direitos 

Caso a empresa aérea não respeite os direitos do passageiro, ele deve procurar um instituto de defesa dos direitos do consumidor, como o Procon.

Paralelamente, é aconselhável que denuncie a empresa para a Anac, para que ela tome as medidas necessárias.

A agência não pode obrigar a empresa a oferecer assistência, mas tem o poder de penalizá-la depois.

As denúncias podem ser feitas pelo telefone 0800 725 4445 ou no site da agência: www.anac.gov.br.

 

Fonte: Portal R7

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 

Parceiros

Revista Travel 3