twitter.com/viajandodireito facebook.com/viajandodireito linkedin.com/company/1741762 youtube.com/viajandodireito Newsletter RSS UAI

Notícias

03/04/2018

Dúvidas do viajante sobre a vacina de febre amarela

Apesar de a imprensa e o governo continuar divulgando a necessidade de o brasileiro vacinar contra a febre amarela, verifica-se que o viajante ainda continua com algumas dúvidas em relação a esse assunto.

Com o intuito de fornecer alguns esclarecimentos, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) divulgou perguntas/respostas sobre esse assunto:

O que é o Certificado Internacional de Vacinação ou Profilaxia (CIVP)?

É um documento que comprova a vacinação contra doenças, conforme definido no Regulamento Sanitário Internacional. A lista com os países que exigem o Certificado está disponível na internet no site da Organização Mundial de Saúde.

Você também encontra a lista direto neste link: http://who.int/ith/2017-ith-annex1.pdf?ua=1

Quem emite o CIVP?

A Anvisa é a responsável pela emissão do CIVP. O documento é exigido por alguns países para comprovar a vacinação contra a febre amarela.

Como comprovo que estou viajando para um país que exige o certificado?

Você poderá apresentar como comprovante a reserva da passagem e caso não a possua, você poderá apresentar outro documento que comprove sua viagem ou compromisso no exterior.

Já fui vacinado, mas perdi o Certificado Internacional e a carteira de vacinação. Como consigo a segunda via do CIVP?

Você deve marcar um novo agendamento nos postos da Anvisa. A partir dos seus dados no cadastro, será possível emitir uma nova via do documento.

Estou no exterior e perdi o certificado, o que devo fazer?

Para a emissão da 2ª via do CIVP de viajante brasileiro que se encontra no exterior, o cidadão deve procurar o consulado brasileiro e fazer a solicitação informando seus dados pessoais (nome, data de nascimento, documento de identidade, CPF).

O consulado enviará a solicitação com essas informações via correio eletrônico institucional para a área técnica da Anvisa responsável pela emissão. O consulado será orientado a emitir o CIVP, carimbá-lo e assiná-lo, entregando-o ao usuário.

Mais informações acesse: http://portal.anvisa.gov.br/dicas-de-saude-para-viagem

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

sete + 7 =

 

Parceiros

Revista Travel 3