twitter.com/viajandodireito facebook.com/viajandodireito linkedin.com/company/1741762 youtube.com/viajandodireito Newsletter RSS UAI

Notícias

23/07/2015

Vai se hospedar na casa de alguém? Veja dicas para não fazer um mau negócio

Ao acompanhar a viagem de mochilão de uma amiga pela Europa, a consultora de estilo e visagista Cris Alves notou que ela havia ficado num quarto na casa de uma pessoa e teve a curiosidade de saber como funcionava aquilo. “Fiquei muito interessada e, quando pintou a primeira oportunidade, parti para o aluguel. No começo, a gente fica meio insegura, não sabemos como são os proprietários. Mas vejo que as pessoas estão ficando mais profissionais, por causa da visibilidade das redes sociais”, comenta.

Sua primeira experiência com o aluguel por temporada foi em Nova York, nos Estados Unidos, com o namorado. Depois dessa viagem, ela não ficou mais em hotel. “A facilidade de ter uma casa inteira montada é interessante. A cozinha tem todos os utensílios necessários. Hotel é muito frio. Quando precisa, tem uma tesoura fácil, sem ter que ligar para uma recepção e ficar esperando. Tem máquina de lavar, ferro de passar, secador de cabelo, toalha. Todo um cuidado. Não é porque você não está num hotel que vai ficar mal hospedado”, observa. Há quatro anos ela só se hospeda em imóvel alugado por temporada. Já foi ao Rio de Janeiro, Portugal e Estados Unidos. Amsterdã, na Holanda, é o próximo destino. “Acho bacana, pois, além de ser um pouco mais viável financeiramente, fora do país temos um convívio mais próximo com a cultura local, como passar num supermercado e cozinhar em casa. As pessoas estão aderindo a formas mais alternativas de viagem. Quem tem algum amigo que já passou pela experiência, até os mais resistentes, anima de tentar. E quanto maior o grupo, melhor”, afirma.

FIQUE ATENTO

Alugar um imóvel para as férias pode ser uma boa opção, mas é necessário ter alguns cuidados

» Pesquise bem sobre a localização do imóvel, como é a vizinhança e quais opções de comércio disponíveis na área.
» Planeje os pontos que deseja visitar e veja as opções de transporte público disponíveis.
» Não confie somente nas fotos e descrição disponibilizadas nos sites. É sempre bom contatar alguém que já tenha ficado no imóvel.
» Procure saber as regras do prédio ou condomínio em que for ficar.
» Se o preço estiver muito abaixo da média encontrada, redobre a atenção.
» Respeite o número máximo de pessoas que o imóvel comporta, para não ter problemas com o locatário.
» Assim que chegar, teste todas as torneiras, luzes, vaso sanitário e dê uma geral nos equipamentos disponíveis. Checar no início se tudo está funcionando normalmente ajuda a evitar problemas no meio das férias.
» Não espere para comunicar ao dono do imóvel se ocorrer qualquer problema. A comunicação evita muitas dores de cabeça.

Fonte: Portal UAI

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 

Parceiros

Revista Travel 3