twitter.com/viajandodireito facebook.com/viajandodireito linkedin.com/company/1741762 youtube.com/viajandodireito Newsletter RSS UAI

Dicas de Viagem

Contratei hospedagem por meio da agência de turismo. Ao chegar ao destino, portando o documento de reserva (voucher) em mãos, não havia nenhuma reserva em meu nome. De quem é a culpa?

A responsabilidade será de quem realizou a suposta reserva. Ou seja, a agência de turismo que você contratou. Nesse caso, ela deve arcar com o prejuízo por haver quebrado o contrato e arcar com os danos que você foi obrigado a suportar, em virtude da inexistência da reserva contratada.

Minha filha tem 13 anos. Ela pode se hospedar desacompanhada dos pais? Precisa de alguma autorização?

Nesse caso, faz-se necessária uma autorização de hospedagem feita e assinada PELOS PAIS. Atente: essa autorização não pode ser assinada apenas por um dos pais. Tem que ser os dois. Constar na autorização a identificação dos pais, da adolescente, o local e dia(s) em que ficará hospedada. Datar, assinar e reconhecer firma em cartório.

Meu passaporte com visto válido americano foi roubado. Posso obter uma cópia do visto em meu passaporte novo?

Vistos para os Estados Unidos perdidos, roubados ou danificados não podem ser substituídos e você terá que solicitar um novo visto em um Consulado ou Embaixada dos EUA. No caso de roubo ou perda, além da documentação necessária, leve uma cópia do boletim de ocorrência policial para a entrevista e do formulário de Passaporte Perdido ou Roubado disponível pela Embaixada ou Consulado onde solicitará o visto.

 

Cabe indenização por danos morais e materiais devido ao furto de milhas aéreas?

Infelizmente o “furto virtual das milhas” é motivado por terceiros (hackers ou crackers), devido à falta de segurança dos sites disponibilizados pelas empresas aéreas aos seus clientes. No momento em que a empresa “armazena as milhas” do consumidor no seu sistema, deve responder pela segurança deste serviço. Cabe indenização por danos materiais (financeiros) caso você consiga demonstrar que as milhas que você possuía eram suficientes para adquirir passagem para o determinado trecho e, em virtude do furto da pontuação, você foi obrigada a adquirir novo bilhete. Já os danos morais são motivados pelo desgaste emocional a que o consumidor foi submetido em virtude da subtração dos pontos/milhas.

Viajarei para Miami (Estados Unidos) e gostaria de comprar alguns produtos pela internet e receber no hotel, é possível? O hotel pode cobrar alguma taxa por isso?

A maioria dos hotéis não cobra pelo serviço. Por cautela, recomenda-se que você ligue ou envie mensagem eletrônica para o hotel onde deseja se hospedar, para certificar-se sobre a “ política de encomendas”. Quando efetuar a compra, avise o hotel sobre a data de entrega e, por precaução, ,novamente, para saber se a encomenda de fato já chegou.

Página 10 de 25« Primeira...5...89101112...152025...Última »
 

Parceiros

Revista Travel 3