twitter.com/viajandodireito facebook.com/viajandodireito linkedin.com/company/1741762 youtube.com/viajandodireito Newsletter RSS UAI

Decisões Judiciais

24/01/2014

Air France terá de indenizar passageira que teve bagagem extraviada

Por unanimidade de votos, a 5ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJGO) reformou sentença da comarca de Anápolis para aumentar de R$ 5 mil para R$ 8 mil o valor da indenização por danos morais devida pela Societé Air France a Renata Aparecida Andrade Lemos. Ela teve suas bagagens extraviadas em voo realizado pela empresa com destino a Milão.

Em setembro de 2007, Renata viajou para Milão, com o intuito de participar de uma Feira Internacional de Medicamentos, como representante de um laboratório de Anápolis. Entretanto, teve suas bagagens extraviadas e ficou impossibilitada de expor os produtos no primeiro dia do evento. Ela ajuizou ação de indenização por danos morais em desfavor da empresa área.

Em sentença de primeiro grau, a Air France foi condenada a pagar R$ 5 mil pelos danos morais causados à passageira. Insatisfeita com a decisão, Renata interpôs recurso e pleiteou a majoração do valor da indenização e alegou que o extravio das bagagens lhe trouxe transtornos emocionais, além de prejuízos financeiros, pois deixou de realizar diversos negócios.

Para o magistrado, Renata deve ser ressarcida por danos morais, pois não se pode negar o fato da passageira ter permanecido sem os seus pertences até o dia seguinte ao do seu embarque. Alan entendeu, também, que a quantia deveria ser majorada pela extensão do prejuízo sofrido por Renata e pela falha na prestação do serviço da empresa área. “O valor arbitrado em juízo não fora condizente com o dano sofrido”, frisou.

Fonte: TJ-GO

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

3 + dezenove =

 

Parceiros

Revista Travel 3