twitter.com/viajandodireito facebook.com/viajandodireito linkedin.com/company/1741762 youtube.com/viajandodireito Newsletter RSS UAI

Notícias

21/11/2017

Dicas para compras online de pacotes de viagens e outros serviços

download

No Brasil, o mercado de turismo online cresceu 73% entre 2012 e 2016. De acordo com a empresa de consultoria eMarketer, até o final de 2018, o setor movimentará US$ 18 bilhões, ficando, assim, o país em 6º lugar no ranking mundial em vendas de viagens, passagens aéreas e outros itens de turismo.

Mas, este aumento da demanda, motivado pela facilidade virtual e maior oferta de serviços à venda pela internet e por outros dispositivos móveis, requer alguns cuidados prévios por parte do consumidor, sobretudo na época da contratação, evitando uma viagem frustrada.

O Comitê de Varejo Online da camara-e.net desenvolveu um guia com dicas que ajudam o turista a planejar com cautela suas férias e não cair em ciladas:

1. Tome cuidado com promoções muito tentadoras, pois “não existe almoço grátis”. O valor muito baixo de um pacote pode significar mais dores de cabeça do que prazeres no final do dia.

2. Observe cuidadosamente os links recebidos por e-mail antes de abri-los. Se possível, após receber a promoção, digite o endereço da operadora de turismo diretamente no navegador e então procure pela oferta mencionada.

3. Verifique se o seu cartão de crédito possui benefícios de viagem, como: seguros, isenção de taxas extras em função da anuidade, pontos acumulados em milhagens etc.

4. Pesquise promoções disponíveis e compare preços, o que está incluído, condições de compra e utilização, duração, formas de pagamento, tipo de hospedagem, tipo de bilhete aéreo, restrições para troca de bilhete ou cancelamento de hospedagem, horário.

5. Cheque a idoneidade do site onde a compra será feita: consulte a situação cadastral da empresa no site da Receita Federal (www.receita.fazenda.gov.br) e observe também informações como a razão social, CNPJ e se ela tem certificado digital válido.

6. Pesquise sobre a reputação da loja virtual: o Procon atualiza constantemente uma lista com sites que devem ser evitados (sistemas.procon.sp.gov.br/evitesite/list/evitesites.php). Consulte, também, sites de reclamação, fóruns de discussão e redes sociais para ver o que outros consumidores falam daquela empresa.

7. Aproveite chats online e telefone de contato da loja para tirar todas as suas dúvidas antes de concluir a compra.

8. Certifique-se de que a loja possui conexão de segurança nas páginas em que são informados dados pessoais e financeiros. Essas páginas iniciam-se por http:// e o “ícone do cadeado” deve aparecer no canto superior ou inferior direito do navegador. Clique no cadeado e observe se a informação do certificado corresponde ao endereço na barra de navegação do computador. Essa segurança vale tanto para compras realizadas pelo computador, quanto para dispositivos móveis.

9. Observe todas as condições da compra antes de fechar o negócio: validade de promoções, condições de voos, vouchers de hospedagem, aluguel de veículo, condições de check-in, seguros extras e serviços adicionais.

10. Confirme sua hospedagem diretamente com o hotel antes de embarcar. Ligue, mande e-mail e peça a confirmação.

11. Imprima todos os passos da compra, inclusive e-mails e recibos de confirmação e de pagamento.

12. Entre em contato com o site caso seja cobrado indevidamente. Se não for ressarcido, faça contato com o cartão de crédito e, se necessário, procure o Procon ou o Juizado de Pequenas Causas.

Para mais informações, acesse: http://www.camara-e.net/.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 

Parceiros

Revista Travel 3