twitter.com/viajandodireito facebook.com/viajandodireito linkedin.com/company/1741762 youtube.com/viajandodireito Newsletter RSS UAI

Artigos

20/07/2007

Escolha da agência é um passo para viajar direito

Revista Viagens GeraisOs preparativos para uma viagem muito sonhada, costumam ser prazerosos para o turista que quer relaxar nas suas merecidas férias. Atualmente, esse prazer está mais próximo dos cidadãos comuns, pois muitos pacotes oferecem, além dos atrativos turísticos, diferentes condições de pagamento.

É comum alguns turistas terem a idéia equivocada de achar que uma viagem nunca traz problemas. Infelizmente esse é um grande engano. É na cidade desconhecida ou em companhia de pessoas estranhas que nós, turistas, passamos por dificuldades, sem auxílio efetivo da empresa contratada. Vale lembrar que hoje, diversos meios de informação estão disponíveis ao consumidor de serviços turísticos e, portanto, devemos usar tais meios para checar a idoneidade da agência de viagem em que desejamos contratar o pacote de turístico.

Para “viajar direito” com a contratação de empresas adequadas, prestes atenção nas seguintes dicas:

Confira se a agência de viagens está devidamente registrada no Ministério do Turismo, consulte a Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo)Verifique ainda se a agência de viagens é cadastrada na ABAV (Associação Brasileira de Agências de Viagens).

Sempre que possível, consulte alguém que já utilizou os serviços da empresa e recolha informações por telefone, revistas, guias, internet, etc.

Consulte o Procon de sua cidade ou do Estado sobre a existência de reclamações contra a agência ou a operadora escolhida.Avalie, com cautela, os pacotes turísticos que oferecem preços bem inferiores ao praticado no mercado.

Exija, por escrito, todas as especificações do pacote de excursão dentro das cidades visitadas.Guarde recortes, folhetos e anúncio dos serviços oferecidos. Eles são úteis para uma possível comparação entre as condições previamente ajustadas e aquelas oferecidas no momento da prestação dos serviços.Caso o funcionário da agência prometa um serviço ou benefício que não esteja incluído no pacote contratado, solicite comprovação escrita da oferta.Mantenha, em seu poder, o número do telefone de contato do profissional responsável pelo pacote, a quem deverá recorrer, caso necessário.Enfim, viajar sempre é bom, mas “viajar direito”, com a contratação de agências de viagem profissionais é melhor ainda.

Boa viagem!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

18 − 6 =

 

Parceiros

Revista Travel 3