twitter.com/viajandodireito facebook.com/viajandodireito linkedin.com/company/1741762 youtube.com/viajandodireito Newsletter RSS UAI

Artigos

02/03/2011

O turismo e o comércio via internet

Revista Viagens GeraisAo contratar um pacote turístico, veicule sempre o pagamento aos dados bancários da empresa prestadora dos serviços e, não, aos dados pessoais do atendente. Já observei casos em que o pacote de viagem não foi fornecido ao cliente, em razão da empresa desconhecer a venda do serviço, feita e quitada diretamente na conta do funcionário responsável.

Para auxiliar, tanto as empresas turísticas, como os seus clientes, fornecemos algumas dicas ligadas às vendas virtuais. Assim, além da comodidade, a transação será feita com segurança.

Como reconhecer um estabelecimento virtual seguro:

1) Verifique se você, de fato, está no site pretendido. Essa confirmação pode ocorrer no momento em que for solicitada a digitação de sua senha ou de seus dados pessoais. Na página, a URL deverá começar com “https” e existirá um cadeado no canto inferior direito da tela. Esse cadeado, que deverá estar fechado, representa que o site é seguro.
2) Conheça as medidas que o site adota para garantir a privacidade dos seus dados, principalmente se você precisar inserir documentos como RG, CPF, etc.
3) Desconfie de depósitos em contas-correntes de titularidade diferente da do vendedor/empresa, como forma de pagamento dos valores negociados.
4) Cheque o endereço físico do fornecedor/empresa, telefones, e-mails, etc. Apenas dados virtuais não são suficientes. Essa informação é muito importante até para amparar o turista insatisfeito. Uma possível ação judicial somente poderá ser proposta contra uma empresa com seu respectivo endereço comercial.
5) Mantenha o registro de tudo que for realizado, armazenando principalmente os e-mails que receber relacionados à compra e à confirmação.
6) Evite realizar compras e outras operações financeiras em máquinas públicas ou desconhecidas, como em lan-houses, bibliotecas, cafés, etc. Não há como saber se esses computadores possuem os requisitos de segurança já citados anteriormente.

Na hora de viajar:

1) Tenha cautela quando ver e-mails com ofertas que contenham promoções e condições muito vantajosas. O barato pode sair muito caro.
2) Escreva tudo o que for combinado com quem vendeu o pacote de viagem.
3) A manutenção dos registros das transações comerciais é importantíssima, por isso armazene os e-mails relacionados à compra e à confirmação de sua passagem, reserva de hotel ou qualquer outro serviço.
4) Leia o contrato com atenção. É importante estar ciente do que está incluso, ou não, no seu pacote de viagem.
5) Acesse o site do hotel/pousada/resort contratado para que você compare se a infraestrutura oferecida pelo pacote é compatível à realidade.
6) Para garantir seus direitos, guarde toda a publicidade publicada, pois ela deve ser cumprida da mesma forma como foi veiculada.

Para contratar as vendas virtuais, é necessário ter cautela e buscar empresas sérias, capazes de fornecer, com profissionalismo, a prestação de serviços que o turista, consumidor, anseia e merece.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um × quatro =

 

Parceiros

Revista Travel 3