twitter.com/viajandodireito facebook.com/viajandodireito linkedin.com/company/1741762 youtube.com/viajandodireito Newsletter RSS UAI

Notícias

07/08/2014

Com medo do ebola, companhias aéreas suspendem voos para continente africano

16764747A companhia aérea britânica British Airways anunciou, nesta terça-feira, a suspensão de seus voos para Libéria e Serra Leoa, pelo temor da epidemia dovírus ebola. De acordo com a empresa, as viagens para esses países ficarão suspensas até o dia 31 de agosto.

A British Airways tem quatro voos semanais de Londres a Freetown, na Serra Leoa, onde faz conexão com Monróvia, na Libéria.

 

size_590_Thai_Airways_International

Outras duas companhias aéreas africanas, a Asky, com sede no Togo, e a Arik Air, com base na Nigéria, além da asiática Emirates, dos Emirados Árabes Unidos, também suspenderam voos para alguns dos países com casos de ebola.

A Thai Airways International também anunciou que está tomando medidas preventivas para proteger seus passageiros e sua tripulação do vírus Ebola. A companhia aérea tailandesa vai checar e monitorar seus passageiros em busca de sinais de alguma doença, vai colocar inseticida em seus aviões e vai reforçar a inspeção de cargas. A empresa não voa para países da África que já confirmaram casos de Ebola, mas decidiu tomar as medidas preventivamente.

Ontem a Emirates Airlines informou que suspendeu voos para a Guiné por causa de preocupações com a propagação do vírus de Ebola. A empresa, que tem sede em Dubai, informou que os voos para a capital Conacri foram suspensos no início do sábado até novo aviso.

 

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), quase 900 pessoas morreram no oeste da África desde o início do ano por causa da epidemia do ebola, a pior desde que, em 1976, esta doença infecciosa foi descoberta.

Fonte: Zero Hora e Exame

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

dez + 11 =

 

Parceiros

Revista Travel 3