twitter.com/viajandodireito facebook.com/viajandodireito linkedin.com/company/1741762 youtube.com/viajandodireito Newsletter RSS UAI

Notícias

17/06/2013

Copa das Confederações: dicas para não ter problemas com sua bagagem

São muitos os  brasileiros e estrangeiros estão ansiosos para aproveitar a Copa das Confederações nas seis capitais que vão sediar os jogos. Mas, para quem vai viajar e quer ficar longe de dores de cabeças, a bagagem merece atenção especial não só na hora de arrumá-la, mas também no momento do embarque e desembarque em aeroportos e terminais rodoviários.

O blog da Fundação Procon-SP (Fundação de Proteção e Defesa do Consumidor) divulgou dicas para turistas não errarem nessas horas e aproveitarem ao máximo o que a Copa das Confederações pode lhe proporcionar. Confira:

Transporte Rodoviário

1. Identifique a mala por dentro e por fora com o nome da cidade de origem e de destino;

2. Carregue os documentos pessoais e objetos de valor, como jóias, também na bagagem de mão;

3. Exija que um funcionário da empresa transportadora identifique toda a bagagem com um tíquete próprio, do qual uma parte fica com o passageiro;

4. Fique atento aos pertences levados na mão, principalmente nas paradas e/ou escalas;

5. Em caso de extravio da bagagem, registre a ocorrência na empresa e entre em contato com a ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres).

Transporte Aéreo

1. As malas, sacolas, pacotes ou bolsas de mão devem ser identificadas, dentro e fora, com etiquetas que contenham seu nome, endereço completo e telefone;

2. Eventuais excessos de bagagem podem ser cobrados. Portanto, verifique com antecedência o limite de peso ou volume determinado pela companhia (deve constar no contrato de prestação de serviço). Algumas bagagens, obrigatoriamente, devem ser despachadas como carga; informe-se junto à companhia aérea, inclusive sobre o valor da taxa;

3. Após o check-in, ou seja, recepção para embarque, a empresa aérea torna-se responsável pela sua bagagem e deve indenizá-lo em caso de extravio ou danos. Se preferir, para garantir sua segurança, faça uma declaração dos itens contidos na bagagem, discriminando os valores, e guarde uma via.

4. Ao chegar na área de desembarque verifique se a bagagem está nas mesmas condições deixadas no momento do check-in, em caso de avaria ou extravio, registre imediatamente a ocorrência no balcão da companhia aérea ou nas seções de Aviação Civil da ANAC instaladas em cada aeroporto.

Viagens internacionais

Ainda de acordo com a Fundação, nas viagens internacionais, por medida de segurança, existem algumas restrições quanto a bagagem de mão e pertences pessoais. Existem, também, alguns itens que não podem ser levados na bagagem despachada como, por exemplo, os frágeis ou perecíveis. Verifique os procedimentos previamente junto à companhia aérea.

Seguro Viagem

Se no valor do pacote turístico não estiver incluso algum tipo de seguro viagem, ele poderá ser contratado por meio das próprias agências ou de uma corretora de sua confiança. Nos pagamentos de passagens aéreas por meio de cartão de crédito muitas vezes inclui-se seguro de viagem: no ato da compra verifique se há tal benefício.

A apólice pode abranger não somente doenças, medicamentos e morte, como também extravio de bagagem. Portanto, defina qual a cobertura que mais atende a suas necessidades e peça que ela seja estipulada claramente no contrato, assim como: período e no que consiste a cobertura; valor da indenização; cláusulas de exclusão de cobertura ou de cancelamento; cobertura a terceiros, se houver; identificação das partes envolvidas etc.

No caso de já possuir uma apólice de seguro de vida, verifique junto a seguradora se há cobertura para eventuais imprevistos durante viagens.

Fonte: UOL

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 × três =

 

Parceiros

Revista Travel 3