twitter.com/viajandodireito facebook.com/viajandodireito linkedin.com/company/1741762 youtube.com/viajandodireito Newsletter RSS UAI

Notícias

27/02/2015

Passageiros enfrentam demora e falta de informação em voo da TAP por causa de pane

Passageiros do voo 102 da Transportes Aéreos de Portugal (TAP) enfrentaram demora e falta de informação no fim da noite de quinta-feira quando o avião em que embarcaram no Aeroporto Internacional Tancredo Neves, em Confins, rumo a Lisboa, apresentou problemas mecânicos e não conseguiu levantar voo. As pessoas ficaram por cerca de três horas dentro do avião aguardando uma decisão da companhia aérea, que acabou cancelando o voo na madrugada desta sexta-feira.

O embarque aconteceu pouco depois de 23h, mas quando avião se posicionou para a decolagem, os passageiros foram surpreendidos com a informação de que não sairiam do chão. A cantora lírica Isabela Santos Iannotta viajava coma filha de 7 meses. Ela seguiria para Lisboa, depois para Berlim, onde mora há cinco anos. Segundo a passageira, estava um calor insuportável dentro da aeronave, que se posicionou para decolar, mas acabou ficando parada meia hora na pista. “Foi um momento tenso. O avião estava um forno. Eu e minha filha estávamos suando quando eu estava amamentando. A gente ficou sem notícias”.

Pouco depois, o capitão comunicou aos passageiros que estavam verificando tudo no avião para tentar partir. A aeronave começou a taxiar, novamente, dando a parecer que decolaria, no entanto, os passageiros voltaram para a área de embarque onde ficaram por cerca de três horas dentro da aeronave com informações precárias. “Ninguém entendeu que ele tava voltando. Quando o avião parou, começou a demora de verdade. Só aí colocaram o ar condicionado para funcionar. Os mecânicos começaram a trabalhar incessantemente lá fora. Ficou um entra e sai de técnicos dentro do avião e ninguém dava notícias sobre o voo”, relata a cantora.

De acordo com a passageira, as pessoas começaram a se exaltar por causa da demora. Alguns exigiram comida, que a TAP alegou não poder servir porque seria impossível esquentar as refeições devido à pane do avião. Foi servida água à vontade para as pessoas na aeronave. “Os comissários foram muito simpáticos. Minha filha começou a chorar eu fiquei nervosa e também comecei a chorar. Comecei a falar que queria desembarcar”, conta Isabela Santos.

Depois de quase três horas, a TAP decidiu desembarcar os passageiros, que enfrentaram nova demora, pois o terminal em Confins já estava fechado. Eles foram avisados pela companhia aérea que deveriam aguardar a chegada de policiais federais para imigração e funcionários da alfândega que já haviam encerrado expediente. Em terra, os clientes foram orientados as seguir até a loja da TAP onde receberam vouchers para voltar para casa ou hotéis que estivessem hospedados. As malas ficaram na aeronave e cada passageiros saiu do aeroporto sem levar a bagagem e sem uma previsão exata de quando vai voar para Portugal.

Pelo site da Infraero, o voo 102 está previsto para esta sexta, às 23h03. Porém, Isabela Santos disse que a companhia aérea não confirmou se vão voar ainda hoje, nem mesmo se seguirão no avião que apresentou problemas. Ela está preocupada com a bagagem e com os prejuízos que teve. “Já havia contratado baby sitter e um hotel em Lisboa para descansar e depois seguir até Berlim. Perdi tudo isso”, relata a cantora. Ela voltou do aeroporto para a casa dos pais em BH, durante a madrugada, somente com a bagagem de mão.

RESPOSTA A assessoria de imprensa da TAP no Brasil informou que a equipe de engenharia deve informar até o fim desta sexta-feira qual é o problema mecânico na aeronave. Se eles conseguirem consertar o avião, os passageiros vão embarcar neste voo, caso contrário, serão realocados em outra aeronave da companhia.

Ainda conforme a empresa, um voo para Portugal sairá de Confins às 23h05 de hoje e alguns passageiros já entraram em contato com a TAP para serem acomodados na aeronave. A outra opção para quem precisa ir à Lisboa com urgência é pegar um avião de uma outra empresa em direção a São Paulo ou Rio de Janeiro e de lá embarcar pela TAP. A companhia aérea informou que a operação será paga pela empresa.

Sobre a bagagem, a TAP Brasil informou que uma equipe já foi acionada para retirar as malas do porão do avião. Logo em seguida, o call center entrará em contato com os passageiros para solucionar a questão do embarque. A TAP informou que os passageiros podem falar com a empresa pelo telefone 0300 210 6060 e também pela página facebook.com/tapbrasil.

Fonte: Estado de Minas

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 × dois =

 

Parceiros

Revista Travel 3