twitter.com/viajandodireito facebook.com/viajandodireito linkedin.com/company/1741762 youtube.com/viajandodireito Newsletter RSS UAI

Notícias

02/09/2019

Furacão Dorian provoca cancelamento de voos entre Brasil e Flórida

Ao menos 17 voos conectando o Brasil à Flórida, nos Estados Unidos, já tiveram de ser cancelados por conta do furacão Dorian, que deve chegar à costa do estado entre a noite desta segunda-feira (2) e a madrugada de terça (3).

A Gol informou que teve de cancelar seis voos entre domingo (1) e esta segunda.

Após a publicação desta reportagem, a Gol informou que teve de cancelar mais 12 voos entre segunda e quarta feira.

A empresa orienta os clientes afetados a pedirem reembolso integral das passagens ou a remarcarem a viagem gratuitamente – desde que a origem e destino do voo sejam mantidos e que as novas datas sejam para voar até 2 dias antes ou até 7 dias depois da original. A solicitação pode ser feita pelo telefone 0300 115 2121.

Já a Azul precisou cancelar 11 voos entre esta segunda (2) e terça-feira (3).

A aérea informa que os cliente afetados podem remarcar a viagem sem custo pelo (11) 4003-1118. A companhia aérea orienta os clientes que têm voo de ou para Fort Lauderdale e Orlando a checarem seus e-mails para saber mais detalhes das alterações e, caso não tenham recebido as informações, pede para que eles entrem em contato pelo mesmo telefone.

Já a Latam disse que vai flexibilizar as regras de remarcação para passageiros com voos de e para a Flórida devido ao furacão, mas não informou quantos e quais foram cancelados. As mudanças valerão pra viagens originalmente agendas para entre 30 de agosto e 04 de setembro. O G1 entrou em contato com a companhia e aguarda retorno.

Os clientes podem entrar em contato com a Latam pelo portal de empresa e pelos telefones 4002-5700 (capitais) e 0300-570- 5700 (restante do Brasil).

A American Airlines informou que teve apenas um cancelamento nesta segunda, mas por motivo de manutenção na aeronave. O voo afetado foi o AA930-02SEP, de São Paulo para Miami. A companhia diz que monitora a situação do furacão e que emite comunicados sobre a situação da operação e dos aeroportos.

A empresa diz que, caso algum voo seja cancelado ou atrasado, o passageiro pode pedir reembolso pelo site. Caso a passagem tenha sido comprada em agências, o contato deve ser feito com elas. A American Airlines pede que os passageiros só se dirijam até os aeroportos após confirmarem o ticket em seu portal.

Efeitos do Dorian

Após atingir as Bahamas com ventos de quase 300 km/h e provocando chuvas torrenciais, o furacão Dorian se aproxima lentamente da costa sudeste dos Estados Unidos. O Centro Nacional de Furacões (NHC) estima que a tempestade passará “perigosamente perto” da costa da Flórida entre a noite desta segunda-feira (2) e a madrugada de terça-feira (3).

Após vários dias de incerteza sobre a trajetória de Dorian, é possível que o olho do furacão não chegue ao continente americano, mas ainda é difícil prever qual será o impacto na costa da Flórida.

No domingo, estados da Flórida, Geórgia e Carolina do Sul declararam estado de emergência e ordenaram que moradores da costa deixem suas casas.

Na Flórida, a medida atingiu Palm Beach e o condado de Martin. Na Geórgia, seis condados foram atingidos. Já na Carolina do Sul, 800 mil pessoas foram orientadas a se deslocar.

Dorian se desloca lentamente, a apenas 7 km/h, o que indica um potencial de dano maior, já que os ventos fortes permanecem sobre a região por mais tempo.

Fonte: G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um × quatro =

 

Parceiros

Revista Travel 3